Dicas para controlar suas finanças 

ANÚNCIO

O controle financeiro, é algo extremamente importante para organizar suas finanças. É preciso conhecer sua renda de forma integral, e ter uma noção de todos os gastos. Para isso, podemos lançar mão de diversos recursos, a fim de conseguir fazer com que sobre algum dinheirinho no final do mês, propiciando a realização de algum sonho, ou até mesmo para fazer algum investimento.

Quando pesquisamos na internet algo a respeito desse assunto, são várias a técnicas apontadas que já estamos cansados de saber, mas que não conseguimos colocar em prática. Dentre eles vemos: mantenha uma planilha financeira, anote seus gastos diários ou até mesmo quite suas dívidas. São recomendações excelentes, mas aqui, você verá outras dicas importantes. Quem sabe agora não é o momento de você finalmente conseguir economizar aquela grana?

ANÚNCIO

Dicas para controlar suas finanças

Fonte: Divulgação Internet

Confira algumas dicas incríveis para economizar:

Método 50/30/20

Muitos economistas afirmam que essa é a fórmula secreta da economia saudável. Trabalhe até conseguir organizar as suas finanças dessa forma: 50% dos ganhos voltados para os  gastos fixos mensais, como: contas de água, luz, aluguel telefone, etc. 30% voltados para gastar com estilo de vida: academia, roupas, calçados, bares, dentre outros. 20% das suas economias voltadas para investimentos. Pode ser qualquer investimento à sua escolha, até mesmo uma simples poupança até que você saiba lidar com transações mais rentáveis.

ANÚNCIO

Pague as contas em dia

A maioria das contas presentes no nosso cotidiano, geram juros, se for uma dívida de cartão de crédito por exemplo, esse valor pode até duplicar. Fique atento às datas de vencimentos para não precisar pagar mais do que precisa, comprometendo seu orçamento final.

Compre à vista

Muitos produtos quando comprados à vista tem um desconto super importante. Estamos acostumados a percorrer as lojas e procurar um parcelamento sem juros e daí pagamos um valor esperado ao final. 

Essa prática em algumas circunstâncias pode representar um erro, levando em consideração que as compras realizadas à vista tem um desconto considerável no valor final do produto. Pesquise sempre antes de adquirir um bem ou produto, e consulte todas as condições. Não foque no valor de parcela, mas sim no valor final do produto. 

Controle pequenos gastos

É comum, gastarmos com pequenas coisas diariamente e acharmos que elas têm um valor pequeno, e que no final do mês  não fará diferença. Esse raciocínio nem sempre funciona na prática, pois se anotarmos tudo que gastamos com pequenas coisas, como a compra de um cafezinho todos os dias, por exemplo, tem um valor total mensal que fazem diferença no orçamento. 

Se você identificou alguma pequena compra diária que tem afetado seu orçamento, comece a pensar em diminuir essa prática, ou até mesmo parar com essas compras até alcançar seus objetivos financeiros. 

Trace objetivos

Economizar nem sempre é uma tarefa fácil. Uma boa alternativa para não perder o foco, é traçar um objetivo. Esse objetivo pode ser a compra de um objeto muito desejado, uma viagem, um carro novo, uma cirurgia plástica, etc. São muitos sonhos e objetivos a serem conquistados.

A dica maior é: trace um objetivo de cada vez, e quando alcançar trace outro. Assim, todas as vezes que você pensar em gastar impulsivamente, a sua meta irá pesar na decisão. É um gatilho mental que funciona. Vale a pena tentar. 

Listas evitam compras por impulso

Sempre que sair de casa para comprar algum item, leve uma lista do que realmente você precisa. Isso evita um gasto com coisas que não sejam necessárias. Quem nunca saiu de casa para comprar algum item e comprou o mercado ou shopping inteiro menos aquilo que precisava? Saem para comprar um café e voltou com uma blusa, por exemplo.  É preciso se policiar quando o assunto é economia. 

ANÚNCIO