Como controlar os gastos em tempos de pandemia

Desde quando foi anunciada a necessidade da quarentena no mundo, as pessoas precisaram ficar em casa e evitar sair sem extrema necessidade. Com isso, alguns serviços que antes eram possíveis ser feitos fisicamente, agora podem ser realizados de forma online. 

De fato, ficar em casa estimulou diferentes reações entre os brasileiros, mas a maioria deles ficaram ansiosos e consequentemente descontaram isso no consumismo desenfreado. Para você ter ideia, as vendas online cresceram 100% comparadas ao ano de 2019, impressionante, né?

Os serviços online se tornaram a diversão das pessoas, e consequentemente isso afeta diretamente no aumento de gastos da população. Será que existe alguma forma de reter alguns consumimos desnecessários e por ordem na casa?

Como controlar os gastos em tempos de pandemia
Fonte:(Reprodução/Internet)

Se você quer aprender a organizar suas finanças e não gastar mais que o necessário em tempos de pandemia, esse texto vai te dar todas as dicas que você precisa saber para fazer isso acontecer na sua vida, já separou seu caderninho?

Controlando seus gastos 

Vamos ser sinceros que reduzir gastos não é uma tarefa tão simples, mas também não é o monstro que muitas pessoas pintam. Se você tiver força de vontade, disciplina e mudança de pensamento isso pode ser plenamente possível. 

ANÚNCIO

Já foi provado que gastar todo o seu dinheiro do mês sem deixar uma margem guardada, não é uma atitude inteligente. Estudiosos dizem que o ideal é salvar de 10% a 30% do seu salário todos os meses exatamente para imprevistos como estes que temos passado.

Como controlar os gastos em tempos de pandemia
Fonte:(Reprodução/Internet)

A primeira coisa que deve ser implementada na sua rotina é a anotação de absolutamente tudo que você ou sua família gastar, juntamente com o valor que você recebe por mês. Feito isso, o próximo passo é colocar todas as contas do mês como fatura do cartão, conta de luz e água, condomínio, escola das crianças, etc. 

Após colocar os gastos fixos, acrescente gastos extras que você precisará ter naquele mês específico. Atente-se, nos referimos às coisas que são extremamente necessárias, e por fim, veja se o dinheiro cobre suas dívidas e se sobra alguma quantia. Se você fizer isso todos os meses, controlar os seus gastos vai ser algo automático para você. 

Aplicativo de controle financeiro: Guiabolso

Nem todo mundo tem a organização para anotar todas as contas e valores em um caderninho, no final do mês pode acabar virando uma bagunça e não ter adiantado nada tanta disciplina com seu dinheiro. 

Por isso, recomendamos o uso de aplicativos que facilitem a sua vida. Existem vários com essa função mas escolhemos o Guiabolso para usar de exemplo para você entender melhor como isso funciona. 

Como controlar os gastos em tempos de pandemia
Fonte:(Reprodução/Internet)

Você consegue encontrar este app na loja de aplicativos do seu celular (Android ou iPhone), e o melhor é que ele é gratuito. Com a ferramenta, você tem acesso às categorias automáticas para você ter controle dos seus consumos e uma noção mais ou menos do quanto você tem gastado. Também tem direito a orientações personalizadas que te ensinam a organizar suas finanças. 

Além de conseguir consultar se tem alguma restrição no seu CPF através do Radar CPF e sincronizar com seus cartões ou contas bancárias. Caso tenha interesse em saber um pouco mais sobre este App, recomendamos a leitura da página Techtudo, lá possui informações complementares.

Negociação de Dívidas 

Em tempos de pandemia negociar suas dívidas é uma excelente opção, não é a inadimplência mas sim entrar em acordo com a empresa ou o credor para adiar o pagamento dos valores devidos por você. 

O ideal é que você entre em contato com a instituição e converse com o financeiro expondo a situação, e tentar entrar em um consenso de datas e valores que podem ser pagos futuramente. 

É de suma importância que você não fique sentado esperando o tempo passar, pois as empresas não vão adivinhar que você tem interesse em negociar a dívida, pelo contrário elas vão entender que você não tem interesse em pagar. Por isso, tente negociar. 

Por fim, se você possui dívidas com bancos, indicamos que assista o vídeo abaixo e aprenda como resolver este problema:

 

ANÚNCIO