Conheça o sistema operacional do Google para celulares com pouca memória

ANÚNCIO

Recentemente, o Google anunciou oficialmente o lançamento do novo Android 11, com funcionalidades pedidas por usuários há um bom tempo. Por ser um sistema móvel com muitas funcionalidades, precisará de bastante espaço no armazenamento dos smartphones.

Portanto, a empresa fez questão de anunciar a sua mais nova criação, o Android 11 Go. A tecnologia foi desenvolvida para aqueles aparelhos que possuem pouca memória. 

ANÚNCIO

Segundo a gigante da tecnologia, os aparelhos que utilizarão o Android 11 Go como sistema poderão abrir os aplicativos mais rapidamente, terão navegação facilitada e mais espaço na memória interna

Conheça o sistema operacional do Google para celulares com pouca memória
Fonte: (Reprodução/Internet)

Android 11 GO liberará 900 MB no armazenamento

Antigamente, somente os aparelhos que possuíam 1,5 GB de RAM ou menos estavam aptos a receber a atualização. Porém, na nova versão o limite foi aumentado para 2 GB. Resultando em 270 MB de RAM livre para aplicativos, que segundo o Google é suficiente para manter mais de três apps em segundo plano.

Os smartphones que forem equipados com o Android 11 Go também irão abrir aplicativos 20% mais rápido, e os modelos com 2 GB de RAM terão 900 MB a mais na memória interna, que é suficiente para guardar mais de 300 fotos ou baixar um filme. 

ANÚNCIO

A atualização também traz melhorias em funcionalidades, como o suporte à navegação por gestos e um local que reúne todas as notificações de aplicativos de mensagens, como WhatsApp, Messenger ou Telegram. Isso pode facilitar a leitura e organização do usuário enquanto utiliza o seu smartphone. 

Melhorias na privacidade

Igualmente ao Android 11 “tradicional”, a versão GO também proporcionará melhorias na privacidade, como um controle mais rígido de permissões aos aplicativos. Será possível autorizar o acesso à câmera, microfone ou GPS somente uma vez. 

O Android 11 GO também traz a possibilidade dessas permissões serem expiradas depois de um certo tempo sem utilização do aplicativo. Ainda não há uma previsão dos próximos celulares que virão com o sistema, ou uma lista de smartphones já existentes que poderão utilizar.

ANÚNCIO