Entenda a onda dos caçadores de pedófilos na Holanda

ANÚNCIO

Na Holanda, um professor aposentado de 73 anos foi acusado de pedofila por manter contato via rede social com um adolescente de 15 anos. O aposentado foi morto por um grupo de jovens chamado de ‘caçadores de pedófilos’. 

A ação teria sido realizada pelo grupo de jovem responsáveis por mais de 200 assassinatos como esse. A polícia holandesa tem pedido o fim do movimento para não implicar em mais mortes. Segundo a imprensa local, a motivação dos jovens se dá pelo aumento de casos de pedofilia na Holanda

ANÚNCIO

O prefeito da cidade chamou o crime de horrível e as autoridades policiais pediram que a justiça seja feita sem comprometer o restante da população. No último fim de semana, uma cerimônia foi feita ao professor por vizinhos e ex-alunos que acreditam em sua inocência. 

Entenda a onda dos caçadores de pedófilos na Holanda
Fonte: (Reprodução/Internet) 

Mais de 200 ataques foram feitos pelo grupo 

Em 2019 a Holanda foi acusada de ser um “refúgio” para o abuso sexual de crianças e adolescentes em virtude da quantidade e crescimento de denúncias do crime principalmente em sites holandeses. Com isso, a reunião e aumento dos linchamentos de supostos pedófilos cresceu também.

Com o objetivo já estabelecido em matar pedófilos, o grupo combinou ainda com o ex-professor um encontro no dia 28 de outubro. Depois disso, o docente foi seguido até sua casa, onde foi espancado por um grupo de jovens, e morreu ao chegar no hospital. 

ANÚNCIO

O que se sabe é que grupos de Facebook foram criados por todo o país com o intuito de descobrir possíveis pedófilos e eles já atraem atraem milhares de membros. Um dos membros em entrevista a imprensa local disse que nas salas de bate-papo eles advertiam os supostos pedófilos, alertando que era errado intenções com menores de idade.

Ministério Público abre ação contra prática de linchamento

As informações dizem que o aposentado nunca havia tido nenhum contato sexual com menores de idade. Isso motivou a onda de sensibilização. Por outro lado, com os ataques em alta do país, o grupo chama atenção da mídia nacional, internacional e da Justiça.

Em decorrência de uma série de mortes feita pelos caçadores de pedófilos na cidade holandesa, o Ministério Público entrou em ação e pediu a proibição de práticas como essa, pois há relatos e evidências da atuação do grupo desde julho de 2020.

ANÚNCIO