Facebook se junta à Epic Games e critica Apple por impostos

ANÚNCIO

Recentemente, a Apple e a Google Store anunciaram que o aplicativo “Fortnite” estaria banido de suas lojas de aplicativos por estar “desviando usuários” os canais de vendas dos patrocinadores.

Com isso, a Epic Games, desenvolvedora do game, entrou com um pedido na justiça para que o app voltasse às lojas. Porém, o pedido não será atendido até que empresa aceite os termos legais de venda.

ANÚNCIO

Com isso, o Facebook se juntou ao Epic Games e criticou os impostos da Apple. Isso ocorreu depois que um novo recurso da rede social, criado para apoiar pequenas empresas, foi taxado em 30% pela Apple.

Facebook se junta à Epic Games e critica Apple por impostos
Fonte: (Reprodução/Internet)

O caso do Facebook envolveu a criação de uma ferramenta taxada pela Apple e que gerou na companhia uma grande manifestação, confira.

Facebook se manifesta contra taxas

A função que foi taxada, está ligada ao recurso do Facebook que permite a criar eventos pagos na rede social. Segundo a empresa, ela visa auxiliar aqueles que sofreram perda de renda gerada pelo distanciamento social. Com a taxa, a empresa se manifestou.

ANÚNCIO

“Pedimos à Apple para reduzir os 30% de imposto da App Store ou permitir que oferecêssemos o Facebook Pay para que pudéssemos absorver todos os custos para negócios sofrendo durante a Covid-19. Infelizmente, eles rejeitaram nossos pedidos e os pequenos negócios receberão apenas 70% de sua receita suada”, argumentou em comunicado Fidji Simo, diretor responsável pelo app.

O Facebook disse que estaria disposto a isentar os microempreendedores de uma possível taxa até o ano que vem, como forma de apoiar suas pequenas empresas. Todo dinheiro arrecadado nos eventos seria destinado aos seus organizadores.

Empresas contra as tarifas da Apple

Recentemente, a Apple se tornou um alvo de inúmeras críticas por conta de suas ações e taxas que foram consideradas monopolistas. A Microsoft também se manifestou após o aplicativo “Xbox Game Pass” não ser aceito na App Store.

Um caso que repercutiu grandemente foi o do Epic Games, que teve o app do Fortnite banido da App Store. Diante da polêmica com um canal de pagamento, a Epic Games decidiu enfrentar o problema e criar seu próprio canal de vendas, que resultou em um grande corte dos lucros da empresa.

ANÚNCIO