Google adotará novo regime de trabalho para seus funcionários

ANÚNCIO

Em recente entrevista à revista TIME, Sundar Pichai, CEO da Alphabet e sua subsidiária Google afirmou que a empresa está buscando medidas para implementar um regime híbrido de trabalho, onde seus funcionários irão intercalar trabalho em casa e na sede da companhia.

Devido à pandemia causada pela Covid-19, diversas organizações tiveram que adotar um novo formato de trabalho que respeitasse as recomendações de distanciamento social fornecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a fim de evitar a proliferação em massa da doença.

ANÚNCIO

Pichai afirmou que a decisão foi baseada em uma pesquisa onde o Google questionou os seus colaboradores sobre como eles esperavam, ou gostariam que fosse a rotina quando a pandemia acabar. Um total de 62% afirmou o desejo de voltar ao escritório, mas de modo escalonado. 

Google adotará novo regime de trabalho para seus funcionários
Fonte: (Reprodução/Internet)

Google e as novas diretrizes para volta ao trabalho

Após a divulgação dos resultados obtidos no questionamento, o CEO deu início imediato a novas diretrizes que facilitem o trabalho remoto a um longo prazo. Dentre elas, pode-se citar reformas e novas decorações dos escritórios, de modo a gerar um maior conforto aos seus contribuintes.

Segundo ele, a companhia acredita que a presença dos funcionários é super importante quando é necessário resolver um problema ou realizar uma criação. Para isto, está sendo criado uma maior flexibilidade e modelos mais híbridos que visam, antes de tudo, a segurança.

ANÚNCIO

Pesquisa realizada demonstra outras realidades

Ainda segundo a pesquisa, há também quem defenda a volta diária ao estabelecimento, porém, a pesquisa priorizou a preferência pela flexibilidade, que será adotada. Os motivos dos que querem voltar variam entre praticidade e capacidade de socialização. Dos respondentes:

  • 10% não querem voltar à sede nem no futuro;
  • 15% voltariam caso haja algum evento especial, como reuniões ou comemorações.

Flexibilidade do trabalho remoto até 2021

Em uma visão geral, todo o Vale do Silício parece ser adepto à flexibilidade do que é referente ao trabalho remoto. O Google forneceu aos seus funcionários a opção de trabalhar de casa até a metade do ano que vem, caso prefiram.

Outras empresas também poder ser citadas como adeptas a esta estratégia, como é o caso do Facebook e do Twitter. Para ambas está assegurado que o trabalho a distância irá ocorrer até 2021, com o Twitter ainda afirmando a possibilidade de seus colaboradores trabalharem assim “para sempre”.

“Eu sempre paro para pensar [nisso] — quando eu vejo pessoas tomando o transporte público por duas horas e estando longe de suas famílias e amigos em uma sexta-feira, eles não conseguem criar planos. Por isso, eu acho que podemos fazer mais” afirmou Sundar Pichai à revista.

ANÚNCIO