Há um ano atrás registrava-se o primeiro caso de coronavírus no mundo

ANÚNCIO

Nesta terça-feira (17) marca-se um ano do primeiro caso de coronavírus registrado em todo o mundo. A primeira pessoa a contrair o vírus e em seguida registrar a doença, foi um morador da província de Hubei, em Wuhan na China. 

Ainda não se sabe exatamente quando o vírus começou a circular, mas existem estudos sugerindo sua circulação na China desde agosto do ano passado. As únicas certezas só foram evidenciadas em dezembro de 2019, quando foram divulgados os casos oficiais. 

ANÚNCIO

O dia 17 de novembro foi um dos marcos iniciais da pandemia levantadas pelo jornal South China Morning Post, porém ainda não se teve confirmação do governo chinês nem de relatórios da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre a data citada e os dados da pessoa. 

Há um ano atrás registrava-se o primeiro caso de coronavírus no mundo
Fonte: (Reprodução/Internet) 

Pesquisas identificam circulação do vírus antes dos casos oficiais 

Para confirmar, a reportagem feita pelo jornal de Hong Kong de pesquisa divulgada na revista ‘Frontiers in Medicine’, insinuou que o coronavírus já estava entre a população de Wuhan desde outubro. 

A pesquisa foi baseada em um estudo filogenético, cujo pesquisadores descobriram que o Sars-Cov-2 estava sendo transmitido de pessoa para pessoa em um momento de latência do vírus, antes de sua explosão continental nos meses seguintes. 

ANÚNCIO

Além disso, em outro país também teve uma pesquisa para identificar o Sars-Cov-2, dessa vez na Itália. O estudo contou com a participação de cientistas do Instituto Nacional do Câncer (INT) em Milão, explicando que o vírus já estava sendo identificado no país desde setembro de 2019

Primeiro registro na América e o primeiro alerta da OMS 

Enquanto isso, pesquisadores de Florianópolis encontraram dois meses antes do primeiro caso descrito de coronavírus, partículas do vírus em duas amostras de esgoto colhidas em novembro, na cidade catarinense. 

Contudo, somente no mês de dezembro há a concentração dos principais marcos da pandemia em uma esfera continental. Foi na véspera da virada do ano de 2020, dia 31 de dezembro, que a OMS emitiu o primeiro alerta da doença, após autoridades chinesas serem diagnosticadas com uma pneumonia considerada naquele momento misteriosa,

ANÚNCIO