Inep divulga cronograma do Enem 2020 – Confira

O Enem 2020 está diferente. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta terça-feira (31) o cronograma com data de inscrição, solicitações, regras e novas modalidade digital para o Enem.

Enquanto o Brasil enfrenta o avanço diário da pandemia, restou a incerteza se esse ano aconteceria a prova. O ministro da educação, consolou os estudantes desesperados dizendo que sim, Exame Nacional do Ensino Médio já tem data confirmada.

Este ano, a prova ganhará uma versão digital além da versão tradicional impressa. Ambas serão realizadas em datas diferentes tanto para aplicação da prova como para solicitações, resultados e etc. Confira.

Enem
Fonte: (Reprodução/Internet)

Vem saber tudo sobre o calendário do Enem 2020.

Cronograma do Enem impresso

As inscrições para a prova de 2020, são do dia 11 a 22 de maio. Para o estudante que tem o direito de isenção da taxa, as datas são de 6 a 17 de abril para realizar a solicitação. Para os demais estudantes a taxa deve ser paga de 11 a 28 de maio.

ANÚNCIO

Quem não compareceu ao Enem 2019 tem de 6 a 17 de abril para justificar sua ausência e se inscrever para prova de 2020. Para fazer a solicitação de atendimento especializado, as datas são de 11 a 22 de maio. Para solicitar tratamento pelo nome social devem recorrer no período de 25 a 29 de maio.

Resultado das provas

Os resultados da prova sairão no dia 24 de abril do próximo ano e o período de recurso é de 27 de abril a 1º de maio. O ministério manteve a data de aplicação da prova de 1º e 8 de novembro.

O horário de abertura dos portões é às 12h e o fechamento às 13h. A aplicação às 13h30 e o término das provas do 1º dia às 19h. No segundo dia às 18h30.

Cronograma do Enem Digital

A prova digital tem a data prevista para 11 e 18 de outubro, segundo o Inep. É importante ressaltar, que a instituição afirmou que o edital ainda pode ser retificado. As inscrições serão do dia 11 a 22 de maio com o pagamento da taxa previsto para o primeiro dia de inscrição até 28 do mesmo mês.

Da mesma forma que a prova impressa, a versão digital também requer participação do ano anterior, mesmo na versão impressa. Quem não compareceu a prova de 2019 tem de 6 a 17 de abril para justificar. Para solicitação de isenção da taxa de inscrição as datas são de 6 a 17 de abril.

Não há previsão no edital para solicitação de atendimento especializado, mas para solicitação de tratamento pelo nome social as datas são de 25 a 29 de maio. O resultado desta prova também possui data diferente da prova impressa. Será no dia 24 de abril do próximo ano. Para entrar com recurso os estudantes terão do dia 27 de abril a 1º de maio.

Como funciona a prova digital

O maior diferencial do Enem 2020 é com certeza a inclusão das provas digitais. Embora seja uma extrema novidade, o Ministério da Educação afirmou e programa que até 2026 todo exame seja 100% digital. Veja mais. A expansão será progressiva no decorrer dos anos.

O modelo é piloto e será testado esse ano, portanto a versão digital é opcional aplicada em todos os estados e Distrito Federal. Anteriormente, em pronunciamento em 2019 estava restrito a 15 capitais e para 50 mil pessoas, agora serão 100 mil em todos estados.

É possível escolher no ato da inscrição, se você gostaria de realizar a prova digital. A prova prevê novas ferramentas, segundo o site do Ministério da Educação. São novas modalidades de perguntas visando utilizar o recursos de áudio e vídeo. No entanto, ainda não há confirmação de mais detalhes sobre a prova.

ANÚNCIO