Inovação: dispositivos com comando de voz e gestos serão comuns nas casas do futuro

ANÚNCIO

Quanto mais os anos passam, mais nos aproximamos de um futuro em que comandos de voz e gestos se tornam ainda mais comuns. As revoluções tecnológicas estão conquistando cada vez mais o seu espaço nas consideradas casas do futuro.

A expectativa é que futuramente a inteligência artificial faça parte de diversos espaços, inclusive das casas. Através de comandos de voz e gestos é possível controlar programações básicas de uma residência como apagar luzes ou trancar portas.

ANÚNCIO

A aproximação deste futuro em que botões e interfaces clicáveis serão descartadas é tamanha que já é possível encontrar alguns sistemas de inteligência artificial em casas brasileiras através da Alexa e do Google Home.

Inovação: dispositivos com comando de voz e gestos serão comuns nas casas do futuro
Fonte: (Reprodução/Internet)

Novos dispositivos irão inovar casas comuns

Prever o futuro com 100% de precisão é impossível, mas, não é preciso prever o que já está caminhando para acontecer. A revolução tecnológica se aproxima cada vez mais da realidade e futuramente estará presente no contexto mais próximo, como dentro de nossas casas.

Neste futuro não serão mais apenas luzes, ou caixas de sons de funcionarão através de comando de voz ou gesto, mas até mesmo os eletrodomésticos farão o mesmo.

ANÚNCIO

Está é uma tendência que especialistas em inovação, como André Miceli da Fundação Getúlio Vargas (FGV), acredita que será o “fim da interface”. Conforme os mesmos, a sociedade está acostumada com tablets e celulares como plataformas “clicáveis”, mas a mudança chegará em todos os sistemas.

A nova realidade já aparenta estar conquistando o seu espaço aos poucos, sistemas como Alexa ou Google home, que funcionam através de comando de voz, já podem ser encontrados. Ambos os serviços estão disponíveis em lojas varejistas do país.

Futuro com sistemas inteligente

Especialistas afirmam que as novas aplicações de sistemas inteligentes facilitaram a vida de quem decidir adquirir, podendo inclusive ser uma forma de proteger residências.

Através de aparelhos que identificam comandos de voz, por exemplo, também será possível indicar sons incomuns, como de janelas quebrando, portão abrindo e outras coisas que permitiram que o sistema possa até chamar a polícia ou a emergência.

Essas e outras funções que poderão ser empenhadas por estes sistemas enchem os olhos de quem é aspirante do futuro. Por isso, caso você seja um destes interessados, mantenha suas pesquisas em dia, os novos sistemas com inteligência artificial estão cada vez mais próximos.

ANÚNCIO