INSS faz prova de vida por biometria facial via aplicativo

ANÚNCIO

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) anunciou seu projeto-piloto de prova de vida por biometria facial. O projeto foi desenvolvido juntamente com a Secretaria de Governo Digital (SGD), o Ministério da Economia e a Dataprev.

A partir desta quinta-feira (20), cerca de 500 mil beneficiários em todo território nacional vão realizar os testes. Os cidadãos que realizarão o procedimento, serão contatados pela central de atendimento 135, SMS ou por e-mail.

ANÚNCIO

O procedimento deve ser feito anualmente, os cidadãos que estão segurados pelo INSS devem comprovar que estão vivos. Assim o Instituto pode dar mais segurança ao próprio cidadão e ao Estado brasileiro evitando fraudes e erros de pagamentos.

INSS faz prova de vida por biometria facial via aplicativo
Fonte: (Reprodução/Internet)

Prova de vida por biometria facial

Todos os dados retirados do reconhecimento facial do cidadão serão comparados com a base de dados do Departamento Nacional de Trânsito (Detran) e do Tribunal Superior Eleitoral. Vale lembrar que os segurados só devem realizar a prova de vida se forem contatados pelo INSS.

Serão selecionados os segurados que tenham carteira de motorista e título de eleitor. É importante ressaltar que o projeto está em fase beta, portanto o INSS juntamente com a Secretaria de Governo Digital poderão fazer alguns ajustes para a segurança dos beneficiários.

ANÚNCIO

Mesmo que o procedimento esteja em fase piloto, todos os beneficiários que realizarem o teste terão o procedimento efetivado, ou seja, não como um teste. A confirmação de vida valerá e o cidadão não precisará sair de casa e ir em uma agência bancária.

Quem precisa realizar o procedimento?

A prova de vida é obrigatória para os segurados do INSS que recebem o benefício por meio de conta-corrente, cartão magnético ou conta poupança. Sem a confirmação de vida, pode acontecer do beneficiário não receber a quantia em sua conta bancária.

Os que forem convocados pelo INSS terão que baixar o aplicativo “Meu INSS” e o “Meu gov.br”, ambos estão disponível na Google Play e na App Store. O aplicativo utilizará a câmera do smartphone para fazer reconhecimento facial.

ANÚNCIO