iPhone 12 será vendido sem carregador e fone de ouvido

Uma novidade no lançamento e na venda do iPhone 12 chamou atenção essa semana. O aparelho da Apple poderá ser vendido sem carregador e também sem o fone de ouvido. A informação trouxe polêmica e dividiu opiniões.

A notícia foi dada por analistas do Barclays, famosos por liberarem para o mundo vários furos de notícias da Apple antes do lançamento. Da empresa, o analista Ming-Chi Kuo afirmou que o modelo não contará com os AirPods. Sobre o carregador, o modelo deve vir apenas com o cabo USB.

Para substituir a mudança a informação é que o iPhone 12 tenha acessório opcionais já que, segundo o analista, a Apple também deverá encerrar a produção dos adaptadores de energia 5W (USB-A) e 18W (USB-C) até o fim de 2020.

iPhone 12 será vendido sem carregador e fone de ouvido
Fonte: (Reprodução/Internet)

Ainda sem modelo e nome oficial, o  iPhone 12 tem previsão de chegar no mercado ainda esse ano, mas sem comunicados oficiais da época seguem os rumores. As mudanças devem impactar principalmente no custo do aparelho.

Tudo indica que a novidade se deu para minuir os custos de produção associados ao uso da internet 5G. Outro fator associado é a diminuição das vendas como efeito da pandemia ao redor do mundo. Entende-se que com a ausência dos acessórios o celular pode ficar em evidência pelo custo abaixo do previsto.

ANÚNCIO

A informação assustou a internet que, por outro lado, também considerou que usuários da marca podem já obter os acessórios de outros aparelhos. O que ainda não se sabe é se a entrada permanecerá a dos últimos iPhones.

Nessa lógica da compra por acessórios separadamente, outra informação dada por Ming-Chi Kuo no início de maio apontou para uma campanha da Apple para incentivar a compra de AirPods já prevendo o futuro lançamento. A Apple ainda não se pronunciou oficialmente acerca das informações.

ANÚNCIO