Novo celular conceitual da Vivo permite utilizar câmera fora do aparelho

ANÚNCIO

A Vivo, fabricante chinesa de smartphones, é conhecida, segundo usuários, por apostar em designs altamente criativos e atraentes em seus aparelhos. Dessa vez, a companhia criou um novo conceito de telefone móvel chamado Vivo IFEA, que usa uma câmera pop-up removível e retrátil.

O smartphone em questão, mostrado no vídeo logo abaixo, possui um mecanismo de câmera similar ao presente no Xiaomi Mi 9T. Seu diferencial se dá na possibilidade do usuário retirar de modo completo as lentes do smartphone, podendo usá-las de forma autônoma.

ANÚNCIO

Por se tratar se uma apresentação conceitual, a ideia ainda está bem longe de virar realidade. Porém, apenas o desenvolvimento da conceitualização foi o bastante para assegurar à Vivo a premiação Red Dot Design Award, um dos mais cobiçados da indústria mundial do design.

Conceito utiliza miniaturas e conexões wireless na câmera

Segundo idealizadores, o smartphone conceitual busca utilizar tecnologias miniaturizadas de bateria e conexão sem fio à própria câmera. De acordo com a Vivo, o IFEA proporcionaria outras possibilidades além de retirar o componente, algo que já deixa o display com um visual mais harmônico.

Outro exemplo é referente ao uso fora do aparelho, podendo anexar o componente a outros corpos e superfícies, como em um boné. Com este tipo de tecnologia, até então não existente no mercado, a Vivo traria experiências exclusivas de fotografia aos usuários que priorizam a ferramenta.

ANÚNCIO

Vivo é pioneira no ramo de recursos conceituais

É cabível ressaltar que a Vivo foi uma das primeiras companhias do mundo a experimentar aparelhos conceituais que possuíam recursos que, hoje em dia, foram adotados por outras fabricantes além dela.

A própria câmera pop-up é um exemplo. Além do já citado Mi 9T, o Motorola One Hyper é outro modelo que utiliza esse recurso. Semelhante a eles, existem as câmeras ASUS Zenfone 6 e 7, que utilizam um modelo “flip”.

Vivo pode criar novos formatos de fotografia

No que diz respeito ao IFEA, a companhia deixou em aberto a possibilidade de unir a tecnologia de conectividade sem fio a novos formatos de tirar fotos, porém a mesma não chegou a informar se pretender aplicar o conceito de uma forma que seria possível comercializá-lo.

Para que haja a execução deste projeto de ferramenta, é necessário primeiro lembrar que uma autonomia deste nível exigiria muitos outros elementos para funcionar de forma eficaz. Um exemplo disso, seria a carência do conjunto removível por uma bateria à parte, em sua própria estrutura.

“Com o IFEA, os usuários podem criar e gravar imagens e vídeos a qualquer hora e em qualquer lugar. O módulo de câmera é um dispositivo separado que traz à vida uma inovadora capacidade de filmagem multi-ângulo […]”, afirmou o site do Red Dot Design Awards.

ANÚNCIO