Paciente no Reino Unido tem perda de audição após ser internado por Covid-19

ANÚNCIO

Já é sabido no meio científico que os sintomas mais evidentes de Covid-19 dizem respeito à perda de olfato e paladar. No entanto, em um estudo recente publicado na revista revista científica BMJ Case Reports, pesquisadores afirmaram que a audição também pode ser afetada.

Pesquisadores do Reino Unido noticiaram e descreveram o primeiro caso de uma pessoa que teve sua audição prejudicada por conta do novo coronavírus. Na publicação, é abordado a situação de um homem de 45 anos que teve complicações após ser internado por Covid-19.

ANÚNCIO

O mesmo ficou em observação na UTI, recebendo esteroides, medicamentos e o antiviral remdesivir. O paciente conseguiu se recuperar, porém, aproximadamente uma semana após receber liberação médica para deixar o tratamento intensivo, apresentou as dificuldades auditivas.

Paciente no Reino Unido tem perda de audição após ser internado por Covid-19
Fonte: (Reprodução/Internet)

Médicos concluem que surdez foi causada por Covid

De início, o paciente afirmou que começou a ouvir um zumbido, e logo após perdeu por completo a audição em seu ouvido esquerdo. Segundo envolvidos, o acontecimento não se tratava de efeito colateral de nenhum dos medicamentos administrados para o paciente.

Depois, o paciente foi novamente submetido a estudo, onde não foi constatada nenhuma possível condição autoimune, ou outras enfermidades como HIV e gripe, que já haviam demonstrado capacidade de ocasionar dificuldades auditivas nas pessoas.

ANÚNCIO

Após análises, os médicos concluíram o diagnóstico como a perda de audição neurossensorial, ocasionada graças a inflamação ou dano no ouvido interno ou no nervo interligado a ele. A situação chegou a ser resolvida, porém de modo parcial, com o uso repetido de esteroides. 

Impactos da Covid-19 ainda não estão claros

Para Foteini Stefania Koumpa, coautor do estudo, ainda não é totalmente claro quais são os possíveis impactos que o vírus pode causar na audição das pessoas, porém ele criou algumas hipóteses. Por esse motivo, o mesmo ressalta a importância de questionar os pacientes durante o tratamento. 

Uma das teorias de como o vírus age diz respeito à sua capacidade de invadir as células do sistema auditivo a fim de destruí-las, ou de poder ocasionar uma resposta inflamatória com a liberação das citocinas, substâncias que podem ser tóxicas para o ouvido interno humano.

Surdez parcial não ocorreu apenas no Reino Unido

Kevin Munro, professor experiente em casos de pessoas que perderam capacidades auditivas devido a Covid-19, constatou que, de um grupo de 121 pacientes hospitalizados, 16 apresentaram algum problema auditivo em questionário feito após dois meses de alta.

No entanto, Munro ainda não sabe como especificar a ligação entre Covid-19 e problemas auditivos, nem a frequência de recorrência desses eventos. Ele apontou como as possíveis causas, a resposta do sistema imunológico, os métodos de tratamento e até o estresse causado pela doença.

ANÚNCIO