Rocket Lab lança com êxito mais 10 satélites de observação da Terra

ANÚNCIO

Nesta semana, a Rocket Lab realizou o lançamento de sua 15ª carga comercial no espaço. Ao todo, foram levados dez satélites de observação do planeta com todos atuando em suas próprias órbitas, sem haver a necessidade de divisão.

Atualmente, a empresa de tecnologia está retomando seu cronograma de produção após uma reviravolta em julho deste ano acontecer, o que gerou apuros em seu próprio plano de determinar a volta dos lançamentos em tempo recorde.

ANÚNCIO

O mais recente foguete Electron foi carregado com 10 satélites SuperDove, uma nova geração de espaçonaves de observação que permite à empresa capturar e fornecer imagens de proporções cada vez maiores da superfície da Terra, e atualizá-las continuamente.

Rocket Lab lança com êxito mais 10 satélites de observação da Terra
Fonte: (Reprodução/Internet)

Êxito no lançamento ocorreu dentro do prazo

Os lançamentos ocorreram com total êxito, tudo estando conforme foi planejado por seus idealizadores, porém apenas durante sua segunda tentativa. O segundo lançamento ocorreu dentro do prazo previamente estabelecido, que chegaria ao seu fim na próxima terça-feira (3). Todos estavam comunicáveis após decolagem.

Este é o segundo lançamento do Rocket Lab, desde que a empresa foi forçada a interromper a decolagem de suas operações após perder sua carga útil em julho. Não foi uma explosão, mas uma falha elétrica que causou o desligamento de alguns foguetes antes que os mesmos chegassem à órbita.

ANÚNCIO

“Estamos desistindo da tentativa de hoje. Alguns sensores estão retornando dados que desejamos examinar mais a fundo. Temos oportunidades até 3 de novembro. Fique atento às atualizações sobre a nova data de lançamento!” afirmou a empresa, na época.

Foguete foi especialmente equipado para operação

Além do SuperDove, a Electron também instalou a CE-SAT-IIB, da Canon, que é uma espaçonave de demonstração equipada com um telescópio de tamanho médio e uma câmera de ultra-alta sensibilidade capaz de capturar a visão noturna da Terra, além de outra mais simples para observações comuns.

A viagem foi organizada por especialistas em rideshare da Spaceflight. De acordo com o Rocket Lab, o lançamento estava originalmente programado para acontecer na semana passada, mas foi suspenso devido aos dados retornados por alguns sensores que foram melhor analisados. 

ANÚNCIO