Segurança: whatsapp expõe mais 206 mil números de celular no Google

ANÚNCIO

Já entrou no site de alguma empresa e tinha uma opção para conversar pelo whatsapp e, para isso, havia um link para clicar que direcionava à uma página do whatsapp, com a opção de conversar com algum número específico? Então, contas comerciais conseguem chamar alguém pra conversa via link, igual nos grupos que tem como convidar pelo link.

Até aí, tudo bem e nada muito fora do normal (sem falar que é uma função de muita ajuda, especialmente para empresas), contudo, devido uma falha de segurança, cerca de 206 mil números de whatsapp foram divulgados sem a ciência dos donos do números.

ANÚNCIO

Aparentemente, o artigo 5° da constituição, que garante a privacidade como um direito inviolável, está cada vez mais ameaçado, no sentido de que a cada dia há mais casos de violações em informações sigilosas, como aconteceu com o escândalo do aplicativo de conferências Zoom, no início deste ano.

whatsapp
Fonte (Reprodução/internet)

Quer saber um pouco mais sobre esse caso e se as conversas também vazaram?

O que aconteceu exatamente?

A informação veio quando um pesquisador em segurança digital, Athul Jayaram, publicou um artigo no sábado (06 de junho) mostrando uma falha na privacidade do Whatsapp.

ANÚNCIO

De acordo com a pesquisa realizada pelo Jayaram, é possível encontrar entre 29 e 300 mil números privados do Whatsapp através de uma pesquisa simples em sites de pesquisa, como no Google e, além dos números, até fotos do perfil de alguns usuários (embora isso não seja em todos os casos dos números divulgados).

O resultado da pesquisa, segundo o pesquisador, pode variar dependendo da localização que estiver, isso é, uma pesquisa realizada no Brasil teria um resultado diferente de uma realizada nos Estados Unidos, ou na Índia.

Explicação um pouco mais técnica

Para Athul Jayaram o problema está no link que pode ser compartilhado ou acessado pela leitura do QR Code que o usuário pode gerar. A explicação é que a criptografia não está presente no telefone que fica no link, então, se ela for compartilhada em alguma outra plataforma, pode ser encontrada em pesquisas feitas na Google.

Ou seja, pela pesquisa só é possível encontrar aqueles números que já criaram um link e postaram em algum site ou rede social, caso contrário, pode ficar tranquilo que não vai ter como conseguir o seu número assim.

Posicionamento do Whatsapp.

Ao ser questionado, o porta-voz do Whatsapp informou que o relatório do pesquisador apenas mostrou usuários que escolheram por tornar seus perfis públicos, além de que, qualquer usuário pode bloquear qualquer mensagem indesejada apenas apertando um simples botão.

Isso é, quando recebe uma mensagem de um número desconhecido, é possível selecionar o número como spam, ou bloquear o contato, de forma que o número indesejado não conseguiria mais mandar mensagem e nem ter acesso à nenhuma informação.

Já a Google não soltou nenhuma nota ou comentário sobre o caso.

Como se proteger?

Uma vez que o link foi compartilhado, não há como bloquear ou alterar esse link, contudo há algumas medidas que podem proteger bastante, principalmente alterar as configurações de privacidade nas configurações, na opção das conversas.

Então, para se proteger, evite enviar o link de seu perfil através de redes sociais e, caso já tenha compartilhado, ir nas configurações das conversas e alterar as opções que estiverem disponíveis para “Todos” e colocar para “Meus contatos”.

Para fazer essa alteração, vá nas configurações do Whatsapp (os três pontinhos no canto superior direito), depois ir em “Conta”, em seguida “Privacidade” e fazer as alterações.

whatsapp
Fonte (Reprodução/internet)

As conversas vazaram?

Se você estava preocupado se as conversas com a crush vazaram, pode ficar mais tranquilo. As conversas continuam protegidas pela criptografia de ponta a ponta do aplicativo, ou seja, continuam protegidas.

E, se quiser conhecer outras ameaças à privacidade? Então, nesse site tem mais algumas.

ANÚNCIO